OXIGÊNIO

O oxigênio   atmosférico   ocorre  predominantemente como O2 , mas nas camadas superiores  da  atmosfera   terrestre  são   encontradas  pequenas  quantidades  de ozônio, O3.O oxigênio é mais abundante nos elementos  da  natureza,  participando com cerca de 50%, incluindo a crosta terrestre, a atmosfera a  e a hidrosfera.

Pode ocorrer livre, no ar atmosférico, com 21% em volume, e combinado, na água, silicatos, sílica, carbonatos, fosfatos, etc. É obtido em grande escala pela destilação fracionada  do  ar  líquido (processo de Linde)  ou  pela  liquefação fracionada do ar (processo de Claude). O oxigênio  é embalado  no  estado  gasoso, em  cilindros de aço, sob pressão de 100 a 150 atmosferas. Atualmente, devido ao grande consumo de oxigênio elementar, já se embala esse elemento no estado líquido.

                                            Nome Oxigênio

Símbolo O
Número atômico 8
Peso atômico 15,9994
Número de oxidação -2
Distribuição eletrônica (nos últimos subníveis) 2s²2p3
Ponto de fusão (ºC) -218,8
Ponto de ebulição (ºC) -183
Eletronegatividade 3,5
Calor específico (cal/g.ºC) 0,218
1º potencial de ionização (kcal/g.mol) 314
Densidade (g/cm³) 0,14
Volume atômico (massa/densidade) 14
Raio iônico (Å) 1,40(-2)
Raio covalente (Å) 0,73
 

CETILENO
Acetileno é o mais simples e melhor conhecido membro da série de hidrocarbonos, contendo um ou mais pares de átomos com ligações tríplices, chamadas séries de acetileno, ou alquinos. É um gás incolor

ARGÔNIO

O argônio foi descoberto em 1894 por Lorde Rayleigh e Sir Wiliam Ramsay. O argônio é um elemento gasoso incolor, inodoro e inerte. Pode ser encontrado em gases vulcânicos e no ar. É usado especialmente em lasers, soldas e lâmpadas elétricas. Este elemento é conhecido como um gás nobre que, diferentemente da maioria dos outros elementos, é monoatômico. Os átomos nos gases têm configurações estáveis de elétrons. Sob condições normais, eles não formam compostos com outros elementos. O argônio também proporciona uma atmosfera propícia para trabalhar com materiais sensíveis ao ar, desde que mais pesados que o ar e seja menos reativo do que N2. O nome original do argônio é grego: Argos, significando inativo. Ele tem 18 elétrons e 18 prótons. O elemento argônio está constantemente sendo criado a partir da queda de radioatividade de k-40 (isótopo de potássio). O argônio ele mesmo tem muitos isótopos. Este elemento é usado para iluminação e poderia também ser usado para proporcionar uma atmosfera inerte para certos projetos quando uma explosão ou outros tipos de oxidação cause algum problema. O argônio está classificado entre os gases nobres.

Nome Argônio

Símbolo Ar
Número atômico 18
Peso atômico 20,183
Distribuição eletrônica (nos últimos subníveis) 3s²3p6
Ponto de fusão (ºC) -189,4
Ponto de ebulição (ºC) -185,8
Calor específico (cal/g.ºC) 0,125
1º potencial de ionização (kcal/g.mol) 363
Densidade (g/cm³) 1,4
Volume atômico (massa/densidade) 24,2
Raio covalente (Å) 0,98


HÉLIO

O hélio é extraído do gás natural, condensando-se os gases da mistura e passando-se o resíduo sobre carvão, na temperatura do ar líquido; o hélio, ao contrário das impurezas, não é retido, desprendendo-se então. É usado para encher dirigíveis e balões, tendo a vantagem sobre o hidrogênio de não ser inflamável, e em termômetros de gás, para temperaturas baixas; em mistura com o oxigênio, é usado por mergulhadores e escafandristas.

Nome HÉLIO
Símbolo He
Número atômico 2
Peso atômico 4,0026
Distribuição eletrônica (nos últimos subníveis) 1s²
Ponto de fusão (ºC) -269,7
Ponto de ebulição (ºC) -268,9
Calor específico (cal/g.ºC) 1,25
1º potencial de ionização (kcal/g.mol) 567
Densidade (g/cm³) 0,126
Volume atômico (massa/densidade) 31,8
Raio covalente (Å) 0,93

HIDROGÊNIO

Gás incolor, inodoro e insípido, o hidrogênio é 14,38 vezes mais leve que o ar (1 litro de hidrogênio, a 0ºC e 760mm de Hg, pesa 0,089870g) apresentando grande velocidade de difusão. Muito pouco solúvel na água, o hidrogênio gasoso pode ser absorvido em grandes quantidades por alguns metais, como platina e paládio. Às vezes essa retenção ocorre somente na superfície do metal, tendo-se então o fenômeno da absorção. O hidrogênio é sui generis, pois tanto pode perder um elétron, o que permitiria sua inclusão no grupo dos alcalinos, como ganhar um elétron como ocorre com os halogêneos, podendo, portanto, formar compostos com qualquer destes dois grupos. O hidrogênio é o 9º elemento em abundância na atmosfera e na crosta terrestre, Livre, ocorre em pequenas quantidades, cerca de uma parte de milhão, na atmosfera e também em gases naturais e emanações vulcânicas. Através de análises espectroscópicas da luz das estrelas, verificou-se que o hidrogênio é o elemento mais abundante da galáxia. Combinado, o hidrogênio aparece em grandes quantidades , na água, no petróleo, no carvão, na matéria orgânica.

Nome Hidrogênio
Símbolo H
Número atômico 1
Peso atômico 1,007997
Números de oxidação 1
Distribuição eletrônica (últimos subníveis) 1s¹
Ponto de fusão (ºC) -259,2
Ponto de ebulição (ºC) -252,7
Eletronegatividade 2,1
Calor específico (cal/g. ºC) 3,45
1º potencial de ionização (kcal/g.mol) 313
Densidade (g/cm³) 0,071
Volume atômico (massa/densidade) 14,1
Raio iônico (Å) 2,08(-1)
Raio atômico (Å) -
Raio covalente (Å) 0,37

GÁS CARBÔNICO


Dentre os dióxidos, CO2, C3O2, C5O2, SiO 2, o C02 é gasoso e um dos mais importantes, devido às suas grandes aplicações industriais em refrigerantes, em extintores de incêndio e na preparação de carbonato de sódio, para citar só algumas. O CO2 é incolor, inodoro e, ao contrário do CO, não é tóxico. O gás pode ser liquefeito por resfriamento, usando-se também grandes pressões. O CO2 pode solidificar-se, constituindo o chamado gelo seco. O CO2 é solúvel em água: 1,7 litros de CO2 em 1 litro de água, a OºC. Com a elevação da pressão, a solubilidade aumenta. As soluções aquosas de CO2 são ligeiramente ácidas, pois há formação de ácido carbônico.


NITROGÊNIO


O nitrogênio constitui cerca de 78% do volume do ar atmosférico. Combinado, ocorre nas proteínas e no salitre-do-chile, que é o nitrato de sódio NaNO3 , muito usado como fertilizante. As proteínas ocorrem nas plantas e animais e são de grande importância, pois de sua hidrólise ácida derivam os aminoácidos, que são fatores essenciais do crescimento.
É obtido industrialmente por liquefação do ar e, em seguida, destilação fracionada do ar líquido. O nitrogênio apresenta molécula diatômica, N2, de grande estabilidade, sendo a energia de dissociação para N2

Nome Nitrogênio
Símbolo N
Número atômico 7
Peso atômico  14,0067
Números de oxidação ±3; 5; 4; 2
Distribuição eletrônica (últimos subníveis) 2s¹2p3
Ponto de fusão (ºC) -210
Ponto de ebulição (ºC) -195,8
Eletronegatividade 3
Calor específico (cal/g. ºC) 0,247
1º potencial de ionização (kcal/g.mol) 336
Densidade (g/cm³) 0,81
Volume atômico (massa/densidade) 17,3
Raio iônico (Å) 1,71(-3)
0,11(+5)
Raio atômico (Å) 0,92
Raio covalente (Å) 0,75

 

 

 
 
  Site Map